Informativo

Trabalhadores da Ponte de Anita Garibaldi fazem paralisação em Laguna

Postada em 14/03/2013 às 23:42:49
Trabalhadores da Ponte de Anita Garibaldi fazem paralisação em Laguna
Canteiro de Obras


Os trabalhadores do canteiro de obras da Ponte Anita Garibaldi, em Laguna, paralisaram os serviços dia 06/03 em busca de reivindicações salariais, melhores condições de trabalho e planos de saúde. As obras fazem parte da duplicação da BR-101 e são de responsabilidade do consórcio Camargo Corrêa/M. Martins/Construbase. Ainda não há previsão de quando eles voltarão ao trabalho.

De acordo com Moisés Davi da Silva, que trabalha como montador na obra, os trabalhadores ficarão nos próximos dias parados, até que haja um retorno da empresa quanto às reivindicações. "Esperamos um aumento salarial e pagamento total das horas extras - que estão sendo pagas parcialmente -, bem como outras coisas. Ficaremos parados amanhã (hoje) e sexta. Se segunda-feira não obtivermos resposta, continuaremos sem trabalhar", admite. Além disso, ele explica que alguns funcionários são contratados para uma função e registrados em outra.
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Pesada de Santa Catarina, Arnaldo Camargo de Freitas, diz que a manifestação é legítima. "Com o mercado aquecido, falta mão de obra em diversos outros locais. Então, é justo os trabalhadores reivindicarem melhorias de condições de trabalho e salários. A paralisação foi espontânea", ressalta Arnaldo.

Segundo ele, o sindicato conseguiu um reajuste de 16%, a partir de fevereiro, para os trabalhadores da produção (ou horistas). "A data-base da categoria é setembro e, ano passado, eles tiveram reajuste de 8%. Neste ano, conseguimos mais 16%, a ser pago a partir de fevereiro. Agora, eles querem mais 9%, totalizando 25%, além de plano de saúde, melhores condições no alojamento e alimentação, bem como visitar a família - já que cerca de 90% são do Nordeste ou outros Estados", explica.

Arnaldo acrescenta que já estão em processo de negociação com a empresa. Enquanto isso, os trabalhadores permanecem parados. Atualmente, o canteiro de obras conta com 1.026 funcionários.

 
Fonte: Portal Sul Notícias

Postado por: Jurandir S. Figueiredo

Deixe seu comentário

Outras notícias

Compartilhar: